31/03/2010

ABMACO apresentará na FEICON casa popular feita de materiais compósitos

Residência conta com homologação da Caixa Econômica Federal.


Em novembro passado, quando foi reeleito presidente da Associação Brasileira de Materiais Compósitos (Abmaco), Gilmar Lima garantiu que as pessoas se surpreenderiam com a participação da entidade na FEICON BATIMAT 2010. Faltando apenas um dia para o evento, que acontece amanhã (06/04 e vai até 10/04) em São Paulo, Lima está ainda mais convencido de que a Abmaco conseguirá atrair a atenção dos visitantes da maior feira de construção da América Latina. "Usaremos parte do nosso espaço para expor uma casa de compósitos homologada pela Caixa Econômica Federal para fazer parte do programa ‘Minha Casa, Minha Vida", afirma.

Com 37 m², a casa terá paredes formadas por painéis sanduíche de compósitos (plástico reforçado com fibras de vidro-PRFV), poliestireno (EPS) e poliuretano (PU). "Além de maior resistência ao fogo e ao impacto, configurações como essa melhoram a sensação de conforto térmico e acústico dos moradores", detalha o presidente da Abmaco. Os painéis serão colados com adesivo estrutural, produto consagrado mundialmente em aplicações de alta performance não só na construção civil, mas também nas indústrias automotiva e aeronáutica.

Os compósitos ainda substituirão a madeira ou compensados usados tradicionalmente como matérias-primas das portas. E o mármore sintético - um tipo de material compósito em que a fibra de vidro dá lugar às cargas minerais -, estará presente na cozinha, sob a forma de uma pia e um tanque de lavar roupa. "O mármore sintético reproduz com perfeição as tonalidades da pedra natural, é mais barato e não permite a proliferação de fungos".

No banheiro, em vez do piso cerâmico, será instalado um piso box de resina reforçada com fibras de vidro. "É bem mais prático, pois dispensa os furos nas lajes. Fora que mantém o brilho por muito mais tempo", observa Lima.

Para viabilizar a construção da casa, a Abmaco reuniu um pool de empresas associadas. MVC Plásticos e Poloplast construirão os painéis, cujas matérias-primas serão fornecidas por Elekeiroz e Reichhold (resina/gelcoat), Owens Corning (fibra de vidro), Lord (adesivo) e Purcom (PU). Ashland, Composites Brasil, Fibravit, LyondellBasell, Novapol, PAQ Telhas (comitê da ABMACO), Poliresinas, Polinox e Royal Polímeros entrarão como patrocinadoras.

Material presente no dia a dia:
Além da casa popular, a Abmaco mostrará na Feicon diversos produtos que fazem parte do nosso dia a dia, mas que, muitas vezes, não sabemos que são feitos de materiais compósitos - caixas d´água, piscinas e banheiras, por exemplo. "Também apresentaremos a maquete do projeto vencedor do 1º Prêmio ABMACO de Arquitetura", comenta Erika Bernardino, gerente de marketing da associação. Desenvolvido por Sérgio Tempel, aluno de arquitetura da Escola da Cidade, o trabalho - uma casa feita inteiramente de materiais compósitos, futurista e ecologicamente amigável -, representará a Abmaco em concursos nacionais e internacionais sobre inovação.

Na semana da Feicon, a associação ainda organizará o seminário "Compósitos na Construção Civil". "Está marcado para um dia antes do início da feira e tem como objetivo evidenciar as centenas de possibilidades que os materiais compósitos oferecem", relata Erika.

A construção civil lidera o consumo brasileiro de compósitos. Ano passado, respondeu por 46% das 182.000 toneladas transformadas.

Para mais informações, acesse www.abmaco.org.br